Ijuí - Ijuiense cria invento que gera até 60% de economia de gasolina

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2015

Fotos de Ijuí.com

O ijuiense Luiz Montagner iniciou suas pesquisas com o gerador de hidrogênio em casa.

Segundo Luiz, aconteceu um aperfeiçoamento, pois o equipamento já existia.

O gerador de hidrogênio começou com uma brincadeira, disse Luiz.

“Mas, a extração de hidrogênio é uma coisa muito séria. Começamos a tirar hidrogênio da água e hoje conseguimos converter a energia em um sistema muito eficaz”, afirma.

O gerador de hidrogênio vem sendo acoplado aos motores de veículos.

O gerador separa as moléculas de hidrogênio da água e larga o gás no motor, juntamente com o combustível.

“Assim, com o gás, o sistema detecta e diminui o consumo de gasolina. Com o hidrogênio, alimentando o motor, diminui o consumo de combustível sensivelmente e ajuda a queimar a gasolina em sua totalidade, gerando menos monóxido de carbono”, explicou Luiz.

O gerador já está acoplado em cerca 10 veículos que estão rodando em Ijuí e na região.

Luiz fez o equipamento para motores de 1000 cilindradas, os populares carros 1.0, mas pode ser adaptado em outros carros.

Segundo Luiz, a economia de combustível chega até a 60% nos automóveis.

Em um Renault Clio, que teve o gerador instalado, antes fazia 14 km por litro, agora roda 20 km por litro de gasolina com o ar condicionado ligado.

Em um Fiesta 1997, com motor Endura, que é um motor mais antigo, o equipamento faz o carro rodar até 22 km por litro.

Segundo Luiz, todos os tipos de carro podem aceitar o equipamento.

O pesquisador já trabalha em cima dos motores 1.8, 2.0 e 4.1, porém o carro precisa ter injeção eletrônica.

O equipamento custa de R$ 1000 a R$ 1.200 instalado. Existem oficinas autorizadas a instalar o gerador em Ijuí, Santo Ângelo, Palmeira das Missões e outras cidades.

Além de Ijuí, já tem carros no Paraná e Santa Catarina rodando com o gerador.

O representante comercial Vanderlei Ludwig - que instalou o gerador em um Clio 1.0 - garante a economia gerada pelo equipamento.

“O equipamento acaba se pagando com cerca de 15 mil quilômetros rodados. Com o ar-condicionado ligado, na estrada consigo rodar cerca de 22 km por litro. Como eu viajo muito é uma boa alternativa, pois a economia é grande”, explicou Vanderlei.

Vanderlei ambém destacou que não é preciso fazer limpeza do sistema de injeção e nem troca de velas, pois como há queima total de gasolina do motor, não carboniza a estrutura, nem mesmo há cheiro no cano de escapamento.

Potência do motor aumenta em mais de 20%

O criador do gerador de hidrogênio ressalta uma outra qualidade do equipamento.

Segundo Luiz Montagner, o gerador faz aumentar a potência do motor em mais de 20%.

Isso ele considera normal porque há a combustão completa da gasolina.

Este fato é comprovado por Vanderlei Ludwig, que acrescenta um detalhe importante: aumenta a segurança nas ultrapassagens já que o motor tem mais força.

O próprio Ludwig é um incentivador do uso do equipamento. Além de tê-lo instalado há mais tempo em seu veículo para as viagens pela região, também sua esposa instalou o mecanismo há pouco.

Ambos estão satisfeitos com a economia gerada.

Mas eles também aduzem outro fator é que a preservação do meio ambiente uma vez que a combustão da gasolina é total.

Fotos

Tags
Categoria: Tecnologia

Veja também:

Comentários

  1. Nenhum comentário postado. Seja o primeiro!

Postar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos Obrigatórios *


Código de Segurança


Ao clicar em "Postar comentário", você estará assumindo total responsabilidade sobre o conteúdo de sua mensagem, além de estar implicitamente concordando com as regras apresentadas acima. Por medidas de segurança, seu ip 54.92.180.46 também será armazenado.