Cenário perfeito para ‘Até que a Sorte nos Separe 2’, Las Vegas encanta equipe do filme

Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

A decisão de rodar “Até que a Sorte nos Separe 2”, novo longa de Roberto Santucci, em Las Vegas foi acertada na opinião do elenco e da equipe. “O exagero dos hotéis, as cores, o ganhar ou perder dinheiro, isso tudo combinava muito com a personalidade extravagante do Tino”, diz Santucci no vídeo no qual a equipe conta como foi ter a cidade como cenário: http://www.youtube.com/watch?v=YxUvRQlBFKU&feature=share&list=UU6VfC_-tdmEYjqQ_coHI5dA

No filme que estreia em 27 de dezembro em todo o país, a maior parte das cenas se passa em Las Vegas, no Grand Canyon e no Hotel Cassino The Venetian/Palazzo.  Para o produtor Fabiano Gullane, Las Vegas foi um personagem muito importante do filme: “É um universo que todo mundo conhece e está no imaginário. Mas nunca se viu uma história brasileira acontecendo ali”.

Segundo Leandro Hassum, o Tino, foi divertidíssimo filmar em Las Vegas, e nem a tempestade de areia enfrentada pela equipe atrapalhou as gravações.  Santucci lembra que a tempestade começou a derrubar o set inteiro: “Deixou uma fumaceira. Virou uma loucura. Mas foi muito divertido filmar em Las Vegas. Uma experiência que vai ficar na memória de todos para sempre. Uma coisa ímpar!”.

No filme, depois de perder a fortuna que ganhou na loteria no primeiro filme, Tino (Hassum) volta a passar dificuldades financeiras ao lado da esposa Jane (Camila Morgado) e dos filhos Teté (Júlia Dalávia) e Juninho (Henry Fiuka). O que eles não esperavam é que Tio Olavinho fosse deixar uma herança de R$ 100 milhões ao morrer. Como último desejo, o ricaço exige que suas cinzas sejam jogadas no Grand Canyon. É então que Tino e a família resolvem dar uma passada em Las Vegas. Depois de se meter em muitas encrencas, Tino conta novamente com a ajuda do casal Amauri (Kiko Mascarenhas) e Laura (Rita Elmôr).

A comédia tem participações especiais como o grande astro da comédia americana Jerry Lewis, o lutador Anderson Silva e ainda as atrizes Arlete Salles e Berta Loran. Com roteiro de Paulo Cursino e Chico Soares, o longa foi produzido pela Gullane e coproduzido e distribuído pela Paris Filmes, em coprodução com a Globo Filmes, RioFilme e Telecine. A codistribuição é da RioFilme e Downtown. O filme foi realizado com patrocínio master da Brasilprev, patrocínio da XP Investimentos, Softplan, Soft Color, Comgás e Protege e apoio institucional da ANCINE - Agência Nacional de Cinema.

O Filme já está nas redes sociais. A página no Facebook (www.facebook.com/atequeasortenossepareofilme) reúne mais de 400 mil fãs e tem conteúdo sobre os bastidores das filmagens, memes divertidos e pílulas exclusivas.

O canal no Youtube (www.youtube.com/ateqasortenossepare) tem o trailer e cenas e pílulas sobre os bastidores do longa-metragem. O canal abriga ainda vídeos do primeiro longa-metragem, maior sucesso de bilheteria brasileiro em 2012, com mais de três milhões de espectadores.

Sinopse

Tino e Jane são salvos da falência pela inesperada herança do Tio Olavinho. O problema é que o testamento traz um pedido incomum: o ricaço deseja que suas cinzas sejam lançadas no Grand Canyon. Aproveitando a viagem, o casal resolve dar uma esticadinha em Las Vegas, a terra dos cassinos, uma tentação para o perdulário Tino.

Sobre o diretor

Roberto Santucci é formado em cinema pela Columbia College de Hollywood. Iniciou sua carreira nos Estados Unidos, trabalhando em filmes como “Código de Honra”, de Robert Mandel, e o premiado “Lendas da Paixão”, de Edward Zwick. No Brasil, dirigiu “Bellini e a Esfinge” e entrou na lista dos principais nomes do cinema nacional à frente do grande sucesso comercial “De Pernas pro Ar”, que levou aos cinemas mais de 3 milhões de pessoas, “De Pernas pro Ar 2”, e “Até que a sorte nos separe”.

Sobre a Gullane

Fundada em 1996, a Gullane é uma produtora de conteúdo para cinema e televisão que mantém participação ativa no crescimento do audiovisual brasileiro. Suas obras conquistaram reconhecimento da crítica e de um público cada vez maior. A qualidade técnica e artística identificada em cada produção tornou-se referência, garantindo à Gullane um espaço conceituado no mercado cinematográfico. Sua dedicação na produção é igualmente aplicada nas etapas de lançamento em festivais e no circuito comercial. Esse empenho permitiu à Gullane acumular mais de 100 prêmios em sua carreira, além de ter seus filmes nas seleções oficiais dos mais importantes festivais de cinema do mundo, como Cannes, Veneza e Berlim. Além de produções próprias, a Gullane amplia a carteira de projetos com parcerias no Brasil e no exterior. Por seu perfil empresarial, seu histórico criativo e seu expressivo volume de realizações, a Gullane está posicionada hoje entre as principais produtoras de conteúdo do Brasil.

Sobre a Paris Filmes

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição, produção e exibição de filmes. A companhia está alicerçada em uma estrutura independente, onde a qualidade de seus produtos e o respeito com que se trabalha são elementos indispensáveis. Unidos, esses fatores fizeram e fazem da empresa hoje, uma das mais respeitadas e tradicionais distribuidoras do país.

A partir de 2011, a empresa passou a atuar também na produção de filmes brasileiros. O investimento foi um novo desafio que deu certo, desde sua primeira aposta, com o longa metragem 'De Pernas Pro Ar', do diretor Roberto Santucci. Atualmente, onze filmes já foram produzidos pela companhia, entre eles: 'E Aí Comeu', 'Cilada.com' e 'Minha Mãe É Uma Peça – O Filme'.

Em 2009 a companhia conseguiu firmar seu espaço no mercado se tornando líder dentre as distribuidoras nacionais ao apoiar grandes e pequenas produções, nacionais e internacionais, dentre elas o fenômeno 'A Saga Crepúsculo'. Em 2011, fechou o ano como a maior distribuidora independente e a 3ª maior em participação de market share. E no ano seguinte, confirmou seu espaço ao conquistar o 1º lugar em Market Share dentre todas as distribuidoras, majors e independentes, além de distribuir grandes sucessos como o filme brasileiro com maior número de bilheteria no ano, 'Até que a Sorte Nos Separe', do diretor Roberto Santucci. Neste mesmo ano, a Paris Filmes lançou a nova franquia cinematográfica 'Jogos Vorazes', além de distribuir os premiados: 'O Artista', 'A Dama de Ferro' e 'Meia-Noite em Paris'.

A Paris Filmes segue sua trajetória de sucesso em 2013. São da distribuidora os dois maiores filmes nacionais até aqui, 'De Pernas Pro Ar 2' e 'Minha Mãe É Uma Peça - O Filme', que por conta de seu sucesso já tem uma sequência encomendada. E a previsão é de mais bilheteria com 'Crô - O filme', de Bruno Barreto e 'Meu Passado me Condena', de Júlia Rezende.  Para os títulos internacionais, a previsão também é ótima: depois de sucessos como 'Truque de Mestre' e 'O Lado Bom da Vida', as grandes produções até o final do ano incluem 'Os Suspeitos', com Hugh Jackman e Jake Gyllenhaal; 'Rota de Fuga', com Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone; 'Ender’s Game – O Jogo do Exterminador', de Gavin Hood; além de ‘Última Viagem a Vegas’, com Robert De Niro, Michael Douglas e Morgan Freeman e o segundo filme da franquia Jogos Vorazes, 'Em Chamas', de Francis Lawrence.

 

Sobre a Downtown Filmes

Fundada em 2006 por Bruno Wainer, que tem em seu currículo a distribuição de alguns dos maiores sucessos do cinema brasileiro, entre os quais se destacam 'Olga', 'Os Normais', 'Central do Brasil' e 'Cidade de Deus',  a Downtown Filmes  especializou-se a partir de 2008 na distribuição  exclusiva de filmes brasileiros. Isso garantiu à empresa o lançamento de grandes sucessos de bilheteria como 'Meu Nome Não é Johnny', 'Divã' e 'Chico Xavier'.

Em 2011 foi responsável pela distribuição dos dois maiores sucessos do ano: as comédias 'De Pernas Pro Ar' e 'Cilada.com', que juntos venderam mais de 6,6 milhões de ingressos. Outro lançamento importante foi o documentário 'Lixo Extraordinário', indicado ao Oscar neste mesmo ano.

Em 2013, a Downtown Filmes lançou dois grandes sucessos: 'De Pernas Pro Ar 2', que  ultrapassou a marca de 4,8 milhões de espectadores e 'Minha Mãe É Uma Peça - O Filme', com mais de 4,6 milhões de ingressos vendidos. Até agosto deste ano, a Downtown Filmes, em parceria com a Paris Filmes lançou 5 filmes e vendeu mais de 11,5 milhões de ingressos.

 

Sobre a Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 125 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, dramas e aventuras, apostando em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como 'Tropa de Elite 2', 'Se Eu Fosse Você 2', '2 Filhos de Francisco', ‘O Palhaço’, ‘Xingu’, 'Carandiru', 'Nosso Lar' e 'Cidade de Deus' – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Sobre o Telecine

Há 22 anos, a Rede Telecine estreia na TV brasileira o melhor do cinema mundial, cada vez mais rápido.  Joint-venture entre a Globosat e os quatro maiores estúdios de Hollywood – Paramount, MGM, Universal e Fox –, também exibe com exclusividade as produções da Disney, além de sucessos do mercado independente. Visando investir cada vez mais na produção cinematográfica nacional, a Rede Telecine lançou em 2008 o Telecine Productions, selo de coprodução de títulos em parceria com grandes produtoras brasileiras. Além de estimular a criação de novos filmes e garantir sua exibição com exclusividade nos canais da Rede, em algumas produções o Telecine exibe versões exclusivas. A Rede Telecine é líder absoluta entre os canais de filmes da TV por assinatura. Em 2013, pelo oitavo ano consecutivo, exibiu o filme mais assistido na TV paga brasileira. Com o menor índice de repetição e os maiores e mais recentes longas do mercado brasileiro, o Telecine reúne 7 das 10 maiores bilheterias do cinema em 2012. Nos últimos 20 anos, estreou com exclusividade 13 vencedores do Oscar de Melhor Filme.

Sobre a RioFilme

A RioFilme é uma empresa da Prefeitura do Rio de Janeiro vinculada à Secretaria Municipal de Cultura e atua nas áreas de distribuição, apoio à expansão do mercado exibidor, estímulo à formação de público e fomento à produção audiovisual, visando o efetivo desenvolvimento da indústria audiovisual carioca. Fundada em 1992, a RioFilme desempenhou papel fundamental na revitalização do cinema brasileiro, e tem mantido sua importância, tendo lançado mais de 200 filmes nacionais no mercado - sucessos de público e crítica, como 'Baile Perfumado', de Paulo Caldas e Lírio Ferreira, 'Central do Brasil', de Walter Salles, 'Lavoura Arcaica', de Luiz Fernando Carvalho, 'Terra Estrangeira', de Walter Salles e Daniela Thomas, distribuição em vídeo, 'Amarelo Manga', de Claudio Assis, entre vários outros. Em 2012, 'De pernas pro ar 2', de Roberto Santucci, fez mais de 4 milhões de espectadores, gerando um PIB de R$ 66,5 milhões e 'E aí, comeu?', de Felipe Joffily, e “Até que a sorte nos separe”, também de Roberto Santucci, que também tiveram público de mais de 2 milhões. Além da distribuição de filmes, a RioFilme apoia eventos, como festivais, mostras e feiras ligadas ao mercado audiovisual. Exemplos de eventos apoiados pela empresa são o Festival do Rio, o Curta Cinema e a mostra de documentários É Tudo Verdade, além de premiações e pré-estreias.

Fotos

Tags
Categoria: Entretenimento

Veja também:

Comentários

  1. Nenhum comentário postado. Seja o primeiro!

Postar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos Obrigatórios *


Código de Segurança


Ao clicar em "Postar comentário", você estará assumindo total responsabilidade sobre o conteúdo de sua mensagem, além de estar implicitamente concordando com as regras apresentadas acima. Por medidas de segurança, seu ip 54.225.43.188 também será armazenado.