NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Impacto da proliferação de javalis no RS foi tema de audiência pública

Além da invasão de propriedades e ataques aos animais e do prejuízo para as lavouras, o javali também tem risco sanitário

Rio Grande do Sul

Data da Publicação da Notícia : 27/11/2020 - 09:03

 
Foto Notícia Geral

A situação da proliferação dos javalis no Rio Grande do Sul foi tema de audiência pública virtual proposta pelo deputado Elton Weber e realizada na quinta-feira (26/11) na Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adolfo Brito.

“A preocupação é grande. Além da invasão de propriedades e ataques aos animais e do prejuízo para as lavouras, o javali também tem risco sanitário’, destacou Weber.

O deputado federal Ronaldo Santini destacou a importância de uma legislação que dê segurança jurídica para todos os envolvidos e que preveja a caça de espécies nativas fora de controle, como a capivara, o controle de espécies invasoras, como o javali e o lebrão, e uma pena mais rígida para o tráfico de animais silvestres.

“O javali é um problema do Brasil. Tem registros no Mato Grosso e em outros estados, não apenas no Rio Grande do Sul”, destaca o diretor vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Fábio Rodrigues. “É uma praga que deve ser controlada”, constata.

Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do RS (Sips) e do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa), Rogério Kerber, o principal risco é a proliferação de pragas. “Além da febre aftosa e da peste suína clássica, o javali pode transmitir a peste suína africana, o maior evento sanitário de todos os tempos, e outras doenças, como a de Aujeszky e a síndrome respiratória suína”, alertou.

Kerber ressaltou a importância da parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) na capacitação em Monitoramento e Vigilância Sanitária de Suídeos Asselvajados. Até agora, 750 controladores de javalis foram capacitados.

A diretora do Departamento de Defesa Agropecuária (DDA) da Seapdr, Rosane Collares, destacou a legislação pioneira no Brasil publicada pela secretaria e que define os procedimentos para transporte de carcaças de javalis abatidos (IN DSA 2/2017) e as ações de vigilância sanitária como a coleta de amostras (IN DSA 1/2017) para fazer a vigilância sorológica da peste suína clássica.

Entre as outras ações da secretaria nesta área, estão a elaboração de documento legal para a regulamentação das condições mínimas de biosseguridade em granjas comerciais de suínos no Estado e a realização do diagnóstico da percepção da ocorrência de suídeos asselvajados no Estado. O diagnóstico auxiliará o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na caracterização da presença destes animais no país.

Dennis Patrocínio, analista ambiental da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), falou sobre a criação do Programa Estadual de Controle de Espécies Exóticas Invasoras (Invasoras RS), criado em 2018, e que tem por objetivo conter a expansão territorial e demográfica do javali e reduzir seus impactos econômicos, sociais e ambientais. No Rio Grande do Sul, existem, além do javali, outras 125 espécies invasoras reconhecidas por lei.

Os javalis foram introduzidos no Brasil na década de 1960 e reconhecidos como espécie exótica invasora por meio de legislação em 2013.

Entre os encaminhamentos sugeridos na audiência pública, estão a criação de um grupo de trabalho específico para tratar deste assunto formado por entidades representativas do setor, poder público nas duas diferentes esferas e Legislativo.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Variedades
Fonte: Secom
Colunista:
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Sicredi doa R$ 70,5 mil para Hospital de Caridade de Palmeira das Missões

 

Palmeira das Missões fará coleta de lixo eletrônico no dia 20 de abril

 

Príncipe Philip morre aos 99 anos, no Castelo de Windsor

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Governo Municipal de Sarandi investe em obras no meio rural

 

Duas pessoas morrem e duas ficam feridas em acidente em Carazinho

 

Carlos Santos (Carlão) é o novo Secretário da Administração

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul