NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS
As informações e opiniões expressas nesta coluna são de inteira responsabilidade do colunista e não necessariamente refletem o posicionamento deste portal

Países europeus enfrentam escassez de remdesivir para tratar covid-19

Número de casos da doença tem aumentado na Europa

Internacional

Data da Publicação da Notícia : 07/10/2020 - 08:56

 
Foto Notícia Geral

Os países europeus estão enfrentando escassez do medicamento remdesivir, contra a covid-19, à medida que o abastecimento limitado está se esgotando, disseram autoridades, em meio ao aumento de casos na Europa e com os Estados Unidos tendo comprado a maior parte da produção da farmacêutica Gilead.

A diretora comercial da Gilead, Johanna Mercier, disse que a empresa espera estar em condições, na semana que vem, de atender aos pedidos que chegam da Europa, e até o fim de outubro, atender à demanda global em tempo real pelo remdesivir.

Em julho, os 27 países da União Europeia (UE) e o Reino Unido garantiram doses para tratar cerca de 30 mil pacientes. Os Estados Unidos (EUA) assinaram um acordo para mais de 500 mil tratamentos, respondendo pela maior parte da produção da Gilead até setembro.

"O remdesivir acabou", disse o porta-voz do Ministério da Saúde holandês, Martijn Janssen, à Reuters, acrescentando, no entanto, que novas entregas são esperadas em breve.

O medicamento antiviral demonstrou encurtar o tempo de recuperação hospitalar em casos graves de covid-19. O remdesivir e o esteroide dexametasona são os únicos medicamentos autorizados na Europa para o tratamento da covid-19. Ambos foram dados ao presidente dos EUA, Donald Trump, que também está recebendo um coquetel experimental de anticorpos após ter testado positivo para o vírus.

As hospitalizações em toda a Europa têm aumentado rapidamente, embora na maioria dos países ainda estejam muito abaixo dos níveis de abril a junho.

O ministro da Saúde da Polônia, Adam Niedzielski, disse que o remdesivir estava em falta em alguns hospitais. A última remessa do pedido da UE para o país chegou na sexta-feira passada.

A Espanha, que tem a maior taxa de infecção da Europa, viveu escassez no fim de agosto, segundo sua agência de medicamentos. Agora tem doses suficientes para atender às necessidades nas próximas semanas, informou o Ministério da Saúde.

O Reino Unido racionou seu fornecimento, priorizando os pacientes com covid-19 que mais precisam.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Covid-19
Fonte: Agência Brasil
Colunista:
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Todas as regiões do Estado ficam em bandeira vermelha

 

Bolsonaro afirma que plano nacional de imunização está praticamente pronto

 

Fiscalização do município e BM encerram festa clandestina e organizadores são multados em R$ 5 mil

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Palmeira das Missões 145 anos: aberta a Semana do Município

 

Confira os ganhadores do Troféu Desenvolvimento 2019

 

Brasil joga mal e empata em estreia na Copa da Rússia

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul