NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS
As informações e opiniões expressas nesta coluna são de inteira responsabilidade do colunista e não necessariamente refletem o posicionamento deste portal

Presença do coronavírus nos esgotos cresce de acordo com a expansão da pandemia

Até o momento, pesquisa indicou a presença de coronavírus em 13 das 42 amostras de água coletadas

Rio Grande do Sul

Data da Publicação da Notícia : 18/07/2020 - 09:32

 
Foto Notícia Geral

O 2º boletim do monitoramento ambiental do coronavírus (SARS-Cov-2) nos esgotos do Rio Grande do Sul apontou uma crescente presença do vírus nas amostras de água coletadas em Porto Alegre e em pontos de Novo Hamburgo e São Leopoldo. “A evolução da positividade nas amostras na capital é coerente com a evolução da pandemia”, pontuou a chefe da Divisão de Vigilância Ambiental do Cevs, Aline Campos. O projeto é uma pesquisa do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), da Secretaria da Saúde (SES), em parceria com universidades e outras instituições relacionadas ao tema.

Neste momento, estão sendo analisadas amostras de água de estações de tratamento e bombeamento em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Campo Bom. De acordo com Aline, a ideia é tornar este um processo de vigilância ambiental de rotina, nos mesmos moldes como já funciona com a cólera. “Resultados preliminares mostram que é possível detectar a presença do vírus primeiramente nas águas residuais domiciliares ou hospitalares, mesmo antes de aparecerem casos confirmados da Covid-19 naquele local. Quando detectamos o vírus, sabemos que ele está circulando naquela região ou bairro”, explicou.

Em estudo realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, não foi detectada a presença de vírus potencialmente infecciosos nas amostras. Isso significa ser improvável que as pessoas se infectem com o coronavírus em contato com estas águas, levando em consideração que apenas 26% da população gaúcha possui acesso ao esgotamento urbano. Aline, ressaltou, porém, que são necessários estudos mais amplos a fim de esclarecer melhor o comportamento e sobrevivência deste vírus no ambiente.

Resultados preliminares da segunda etapa da pesquisa apontam, ainda:

- Das 42 amostras analisadas até o momento, 13 (30,95%) apresentaram presença do vírus e cinco ainda aguardam o resultado;

- Com relação a Porto Alegre, o único ponto de coleta que ainda não apresentou resultado positivo para presença do SARS-CoV-2 foi na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Serraria;

- A Estação de Bombeamento de Esgoto (EBE) Baronesa do Gravataí continua apresentando 100% de amostras positivas para presença do novo coronavírus;

- Em relação às primeiras coletas realizadas no Rio dos Sinos, uma amostra foi positiva (25%);

- A primeira amostra coletada no município de São Leopoldo apresentou resultado positivo para a presença do vírus.

Veja o 2º boletim de acompanhamento do projeto, com todos os pontos de coleta de amostras de água a cada Semana Epidemiológica (SE), desde o início da pesquisa.

A pesquisa
A pesquisa é inédita no Estado e conta com parceria de diversas instituições, como Universidade Feevale, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-RJ), Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade de Porto Alegre (Smams), Secretaria Municipal de Saúde de Novo Hamburgo, Companhia Municipal de Saneamento de Novo Hamburgo (Comusa), Serviço Municipal de Água e Esgoto de São Leopoldo (Semae) e Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

A professora do mestrado em Virologia da Feevale e uma das coordenadoras do projeto, Caroline Rigotto, ressalta que o grupo já está trabalhando no projeto de expansão da pesquisa. “Estamos pensando em pontos estratégicos, como comunidades em vulnerabilidade social e com déficit de esgotamento sanitário”, afirma, acrescentando que a epidemiologia baseada em esgoto é uma ferramenta que foi bem aceita e, provavelmente, se estenderá a médio e longo prazos, auxiliando no monitoramento e antecedendo surtos isolados.

As análises
As amostras de água coletadas de estações de tratamento, de efluentes hospitalares e de pontos de captação de água bruta passam por análise molecular para definir a ocorrência e quantificação do RNA viral do SARS-CoV-2 (coronavírus). Planeja-se estender o monitoramento por 10 meses, permitindo acompanhar a ocorrência e distribuição do vírus ao longo da epidemia e das diferentes sazonalidades.

Aline Campos diz que esse estudo está em andamento também em Minas Gerais, São Paulo e em países como Holanda, Itália e Austrália. Nesses lugares, é possível apontar um aumento da presença do coronavírus nos esgotos conforme aumenta o número de casos confirmados da Covid-19 no local, o que vem se confirmando também aqui no Estado. A realidade do Rio Grande do Sul, porém, é bem diversa desses lugares e deve ser levada em consideração na pesquisa.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS: Coronavírus, Covid-19, Prevenção, Imunidade
CATEGORIA: Covid-19
Fonte: Secom/RS
Colunista:
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Todas as regiões do Estado ficam em bandeira vermelha

 

Bolsonaro afirma que plano nacional de imunização está praticamente pronto

 

Fiscalização do município e BM encerram festa clandestina e organizadores são multados em R$ 5 mil

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Palmeira das Missões 145 anos: aberta a Semana do Município

 

Confira os ganhadores do Troféu Desenvolvimento 2019

 

Brasil joga mal e empata em estreia na Copa da Rússia

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul