NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

BOLETIM DA SAÚDE: Brasil conseguiu evitar 2,5 mil mortes por aids entre os anos de 2014 e 2018

No programa desta semana, vamos conversar a respeito da nova campanha contra HIV/aids lançada pelo Ministério da Saúde e que estimula público jovem a realizar a testagem...

Data da Publicação da Notícia : 04/12/2019 - 07:49

 
Foto Notícia Geral

O Brasil conseguiu evitar 2,5 mil mortes por aids entre os anos de 2014 e 2018. Nos últimos cinco anos, o número de mortes pela doença caiu 22,8%, de 12,5 mil em 2014 para 10,9 mil em 2018. Os dados são positivos, mas uma estimativa preocupa: 135 mil pessoas vivem com HIV no Brasil e não sabem. 

É, Paula, isso é ainda mais grave quando sabemos que o Sistema Único de Saúde disponibiliza tratamento gratuito para todas as pessoas vivendo com HIV, independente do comprometimento imunológico. Ou seja, se você faz o teste e descobre, você já pode iniciar o tratamento imediatamente. Isso foi um dos responsáveis pelo aumento da tendência de queda na taxa de aids, como explica Gerson Pereira, diretor do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

“De 2014 nós estamos o tratamento o atestado de outro tratamento para todos né então nós estamos diagnosticando muitos casos HIV, iniciamos o tratamento imediatamente e a gente tem evitado os casos de AIDS. Então esse é um dado que a gente considera bastante importante né. Outro dado que a gente considera bastante importante, tudo tem a ver com o ano de 2014 quando a gente inicia o tratamento para todos de 2014 para cá, a gente conseguiu evitar mais de 2.500 mortas né. Nós temos uma taxa de mortalidade 5.7 no ano de 2014 a gente passa por uma taxa de mortalidade 4.4, então, assim é um número importante né. A gente tem 2500 mortes evitadas nesse período também são bastante importantes por outro lado também que a gente considera bastante importante”

Em 2018, 43,9 mil casos novos de HIV foram registrados no país. Assim como registrado nos últimos anos, a infecção por HIV cresce mais entre os jovens. A maioria dos casos de infecção no país é registrada na faixa etária de 20 a 34 anos, com 18,2 mil notificações (57,5%). Por isso, o foco da campanha lançada pelo Ministério da Saúde é incentivar pessoas que não se preveniram em algum momento da vida a procurar uma unidade de saúde e realizar o teste rápido.

“Levar essa campanha com essa mensagem clara e não precisa ficar na dúvida. A partir do momento que você testou está negativo não tem o uso do preservativo mantém a prevenção, mantenha a atenção. Agora, estou positivo, a entrada do medicamento num curto espaço de tempo a pessoa já passa essa carga viral para números muito baixos e para de circular o vírus. Ela quebra transmissão coletiva, então a campanha é também no estúdio de entrar na Internet. Entrar nas redes sociais nesta faixa etária, que é a faixa etária que nós temos maior número de casos, mas também me aperta em televisão jornal e o que nós temos a terceira idade com aumento de casos e nós temos algumas questões regionais, mas é estar presente com essa agenda”

O maior número de gestantes infectadas com HIV (27,8%) está entre jovens de 20 a 24 anos. Tal fator foi resultado da ampliação do diagnóstico no pré-natal e, consequentemente, a prevenção da transmissão vertical do HIV, que passa de mãe para filho, se tornou mais eficaz. Três municípios brasileiros já receberam Certificação de Eliminação da Transmissão Vertical de HIV: Curitiba e Umuarama, e mais recentemente, São Paulo. Também houve redução, de 26,9% na taxa de detecção de aids em menores de 5 anos. Passando de 2,6 em 2014 para 1,9 casos por 100 mil habitantes em 2018.

"Embora a gente tenha hoje essa boa notícia de certificar São Paulo como a maior cidade do mundo a eliminar a transmissão vertical e ela conquistou isso porque o SUS é um sistema extremamente presente nos medicamentos presentes as campanhas presentes, agora não se pode relaxar porque, se não você perde que você conquistou."

A campanha do Ministério da Saúde deste ano tem o conceito “HIV/aids. Se a dúvida acaba, a vida continua”, a ação tem objetivo de mudar, na população jovem brasileira, a atitude e a percepção da importância da prevenção, teste e tratamento do HIV para evitar a aids. 

“Você tem uma série de atitudes que você toma na sua vida que tem consequências. E essas práticas de risco, elas precisam ser muito bem dialogadas é até entre os jovens que é aonde esse diálogo melhor prospera para que eles entendam que olha isso daqui tem consequências. 

Mas a forma mais eficaz de prevenção do HIV é usando camisinha gente. Então, vá até uma unidade de saúde e pegue gratuitamente o preservativo. Até dezembro deste ano, o Ministério da Saúde vai distribuir 462 milhões de preservativos masculinos e 7,3 milhões de unidades de camisinhas femininas.  

E não fique na dúvida! Faça o teste! As unidades de saúde estão com mais de 12 milhões de testes rápidos de HIV, que são fundamentais para o diagnóstico e futuro tratamento das pessoas infectadas. Com essa última informação, o nosso boletim dessa semana fica por aqui. Se você gostou do nosso programa e quiser ouvir outras reportagens, acesse nossa playlist em SoundCloud.com/ministeriodasaude. E para continuar acompanhando outras notícias do Ministério da Saúde basta acessar o portal saúde.gov.br e as nossas redes sociais: facebook.com/minsaude e pelo twitter, @minsaude. Boa semana para todos e até o próximo programa!

Boletim do Ministério da Saúde. Reportagem Janary Damacena e Amanda Mendes. Trabalhos técnicos de Fabrício Lázaro e Rafael Santos. Realização Ministério da Saúde.
 


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Saúde e Bem Estar
Fonte: www.agenciadoradio.com.br
Colunista:Diego A. Mattana
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Agricultura proíbe uso de antimicrobianos em ração para animais

 

Secretaria da Saúde orienta profissionais e população sobre novo coronavírus

 

Ministério da Saúde faz alerta sobre febre amarela

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Embutidos Araldi assina contrato com a Feaper para aquisição de equipamentos

 

Prefeito de Chapada participou de evento em Brasília e recebeu prêmio em Porto Alegre

 

Palmeirenses são mortos a tiros em São Pedro das Missões

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul