NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Vendas no Natal devem movimentar R$ 60 bilhões na economia, aponta pesquisa

O levantamento revela que 86% dos que vão gastar no Natal pretendem pesquisar preços antes de concluir a compra...

Data da Publicação da Notícia : 14/11/2019 - 07:57

 
Foto Notícia Geral

O Natal é a data mais importante para o varejo, tanto em volume de vendas quanto em faturamento. Segundo uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mesmo com o orçamento apertado, a maior parte dos brasileiros não vai deixar de comprar presentes de Natal.

De acordo com a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o levantamento mostra que a força simbólica e cultural do Natal se sobrepõe às adversidades que os brasileiros ainda têm com as finanças pessoais.

“77% dos brasileiros devem presentear alguém no Natal deste ano. Esse número é muito parecido com o do ano passado e deve injetar cerca de 60 bilhões na economia. O problema é que tem muita gente com o orçamento, com a renda diminuída por conta da crise e isso faz com que o gasto não deva variar muito em relação ao ano passado; mas, ainda assim, o Natal se mantém como a data mais importante do comércio e o brasileiro deve continuar indo às compras”, afirma.

Ainda segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, 72% dos compradores vão pagar os presentes à vista.

A escritora Carla Brandão, de 51 anos, moradora de São Paulo, já garantiu que, mesmo precisando ficar atenta ao orçamento, as pessoas mais próximas a ela vão ser presenteadas.

“Eu estou 'apertada' e faz muitos Natais que eu também estou ou já estive, mas eu sempre me preocupo em dar uma lembrança, um presente, alguma coisa, para as pessoas que eu amo”, conta.

O levantamento aponta ainda que, para quem vai dividir o valor da compra em parcelas, a média é de cinco prestações. Isso significa que quem comprar os presentes neste mês de novembro ou dezembro, estará com a renda comprometida com prestações pelo menos até os meses de abril e maio de 2020, respectivamente.

Além disso, 86% dos que vão gastar no Natal pretendem pesquisar preços antes de concluir a compra. Outros 6% não veem importância nisso.

O levantamento foi feito com quase 700 pessoas das 27 capitais brasileiras e a margem de erro é de, no máximo, 4,0 p.p. Já a margem de confiança é de 95%.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Economia e Política
Fonte: www.agenciadoradio.com.br
Colunista:Perfil NorteRS
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março

 

Estado começa o pagamento da folha de junho quitando salários até R$ 1,5 mil

 

Nascidos em abril podem sacar primeira parcela de auxílio hoje

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

6 dicas para retomar os negócios durante a pandemia de covid-19

 

Brigada Militar de Palmeira das Missões divulga boletim da região

 

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla em Chapada

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul