NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Uruguai: trabalhadores do setor de gás param e suspendem greve de fome

Data da Publicação da Notícia : 29/05/2019 - 13:37

 
Foto Notícia Geral

O Sindicato dos Trabalhadores do Setor de Gás em Montevidéu anunciou uma paralisação de todos os funcionários da MontevideoGas, subsidiária da Petrobras, a partir do meio-dia de hoje (29). Durante o ato, eles anunciam o fim da greve de fome de dois trabalhadores, que durou 30 dias. O porta-voz do sindicato afirmou que a categoria iniciará greve geral, por tempo indeterminado.

O conflito entre os trabalhadores e a empresa se arrasta há meses. Em abril, a tensão aumentou após a Petrobras anunciar a intenção de sair do país e um plano de contingência que incluía demissões. Por outro lado, a situação se agravou após a invasão de trabalhadores à sede da empresa, o chamado controle operário, proibido pela Justiça uruguaia.

Desde então, os funcionários vêm se mobilizando, com trabalhadores em greve de fome e passeatas, na tentativa de garantir os empregos. Na semana passada, representantes do sindicato se reuniram com o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, e pediram que os postos de trabalho fossem mantidos enquanto durar a saída da empresa do país.

Em documento divulgado ontem (8) à noite, a Petrobras diz que, após uma reunião com representantes do governo na sexta-feira passada (24), decidiu manter as sanções aplicadas a alguns trabalhadores que ocuparam a sede.

A empresa afirma que suas ações foram "moderadas" e que poderia, inclusive, ter demitido os funcionários que descumpriram os contratos de trabalho.

"A MontevideoGas logicamente tem direito a aplicar essas sanções diante do descumprimento das obrigações laborais que surgem do contrato de trabalho e da normativa vigente e desobediência a uma ordem judicial", diz o documento.

A empresa informou que está disposta a dialogar e propôs um acordo nos seguintes termos: definição de medidas que gerem redução de custos equivalente a 19 postos de trabalho (até 31 de dezembro deste ano) e não demitir ou enviar ao seguro-desemprego trabalhadores enquanto durar a negociação, que poderia começar imediatamente e ir até 30 de junho, podendo ser prorrogada de comum acordo.

O governo prometeu enviar, ainda esta semana, uma nova proposta à Petrobras. Os trabalhadores do gás, no momento, afirmam que mantêm a intenção de realizar uma greve geral por tempo indeterminado, mas que aguardarão a resposta da Petrobras à proposta do governo para definir a data da paralisação.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Economia e Política
Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br
Colunista:Perfil NorteRS
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Anvisa define requisitos para envasamento de água do mar dessalinizada

 

Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência

 

UFRJ aponta que óleo pode ter saído de área a 700 km da costa

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Romário tem carros e lancha apreendidos pela Justiça

 

Casal é preso em Passo Fundo suspeito de aplicar golpe do bilhete premiado

 

Fruteira Econômica uma nova opção para economia e saúde

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul