NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Câncer de pulmão mata cerca de 300 pessoas por ano na região Norte do RS

Em cerca de 85% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco

Data da Publicação da Notícia : 19/03/2019 - 09:55

 
Foto Notícia Geral
Tabagismo é um dos principais fatores de risco para o câncer de pulmão

O câncer é um dos maiores problemas de saúde pública na atualidade. A estimativa no Brasil para 2019 é que sejam diagnosticados mais de 600 mil novos casos. Um dos tipos mais incidentes é o câncer de pulmão. Neste ano, são estimados 33 mil novos casos desse tipo de câncer. No Rio Grande do Sul (RS), o câncer de pulmão é o segundo tumor mais incidente em homens e o terceiro em mulheres, e, apesar da constante evolução nos tratamentos, continua sendo um dos que mais mata, considerado a principal causa de morte por câncer em homens e a segunda em mulheres. 

As causas de câncer de pulmão incluem tabagismo, fumo passivo, exposição a determinadas toxinas e histórico familiar. “Em cerca de 85% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. Os trabalhadores rurais, da construção civil, mineração, mecânicos, indústrias (de metais pesados, borracha, papel, vidro), eletricistas, pintores e soldadores podem apresentar um risco maior para o desenvolvimento do câncer”, informa um dos oncologistas clínicos do Centro de Tratamento do Câncer (CTCAN), Dr. Alex Seidel.

O oncologista ressalta os sintomas mais comuns neste tipo de câncer. “Os sintomas podem variar, porém os principais incluem tosse (muitas vezes com sangue), dor no peito, chiado no peito, rouquidão, piora da falta de ar e perda de peso sem causa aparente. Geralmente, esses sintomas aparecem apenas nas fases mais avançadas do câncer”, enfatiza Seidel.

O diagnóstico precoce aumenta consideravelmente as taxas de cura, porém infelizmente apenas 16% dos casos são diagnosticados nas fases iniciais. O tratamento necessita do diagnóstico com biópsia, e vai depender da extensão e características moleculares da doença, podendo ser tratado com cirurgia, quimioterapia e radioterapia. “Nos últimos anos, o tratamento vem evoluindo com a entrada da imunoterapia e terapia alvo, apresentando ótimos resultados, melhorando a expectativa e qualidade de vida dos pacientes, porém tais medicamentos ainda apresentam um custo bastante elevado”, observa o oncologista do CTCAN.

Mortalidade por câncer de pulmão
Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pulmão mata cerca de 27 mil pessoas por ano no Brasil. No RS, mais de 3,3 mil pessoas morreram em decorrência desse tipo de câncer em 2016, de acordo com dados do DataSUS. Na região Norte do RS, foram mais de 300 mortes neste mesmo ano.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Saúde e Bem Estar
Fonte: Assessoria de Imprensa CTCAN
Colunista:Perfil NorteRS
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Programa Previne Brasil quer incluir 50 milhões de brasileiros no SUS

 

Fabiano de Abreu dá 5 dicas para ter uma boa velhice

 

Novembro Roxo alerta para a Prematuridade

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Eleições 2018: 75% dos deputados federais devem se reeleger

 

Governo autoriza aditivo para a obra da Ponte sobre o Rio da Várzea

 

Casa de Marco comemora 44 anos com promoção especial

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul