NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Especialistas comentam decisão de enviar processos de corrupção e lavagem de dinheiro à Justiça Eleitoral

Procuradores do Ministério Público Federal em Curitiba afirmaram que a Justiça Eleitoral não tem estrutura para julgar crimes complexos...

Data da Publicação da Notícia : 16/03/2019 - 08:29

 
Foto Notícia Geral

Os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro poderão ser julgados pelo TSE, caso as infrações tenham relação com questões eleitorais. A decisão é do Supremo Tribunal Federal (STF), que analisou o assunto nesta quinta-feira (14).

O resultado foi considerado uma derrota para a Lava Jato. Os procuradores do Ministério Público Federal em Curitiba afirmaram que a Justiça Eleitoral não tem estrutura para julgar crimes complexos. De acordo com os procuradores, a nova jurisprudência pode gerar impunidade aos acusados de corrupção e lavagem de dinheiro.

Contrário à decisão da maioria dos ministros, Luís Roberto Barroso acredita que a Justiça Federal seria a mais capacitada para julgar esse tipo de processo. Voto vencido, o magistrado afirmou no julgamento que “o problema não é para onde o dinheiro vai”, mas, sim, “de onde o dinheiro vem”.

Especialista em direito penal, Yuri Sahione pensa diferente. De acordo com ele, embora exista a ideia de que a Justiça Eleitoral seja inferior à Justiça Federal, não há uma diferença da capacidade técnica entre as duas esferas.

“Na perspectiva que se colocou no debate, não dá para se identificar teses jurídicas que se opunham à tradição da jurisprudência do STF. Me pareceu que os pontos contrários preponderantes foram: a Justiça Eleitoral não está aparelhada suficientemente para tratar de casos complexos. Na verdade não é um argumento que se justifica porque, na Operação Lava-Jato, nem a Justiça Federal do Paraná estava devidamente aparelhada. Foi em razão da compreensão da complexidade em certos casos que os tribunais passaram a dar o suporte necessário a quem vai atuar. Uma posição positiva na tentativa de reafirmar o ordenamento jurídico brasileiro”, explicou.

O especialista em direito eleitoral, Felipe Lizardo, também entende que a Justiça Eleitoral dispõe de competência técnica para acompanhar e fiscalizar processos eleitorais. Ele acredita, porém, que a Justiça Federal seja a mais capacitada para atuar em casos de combate à corrupção, sobretudo, que envolvam lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro.

Para ele, de qualquer forma, a decisão não deve prejudicar o andamento da Operação Lava Jato.

“Os procuradores da Lava Jato chegaram a usar a expressão ‘jogar uma pá de cal na operação’. Eu não entendo dessa forma! A operação vai prosseguir e naqueles casos que houver constatação do crime de caixa dois, vai haver o deslocamento para a Justiça Eleitoral da competência. Mas as investigações que já foram realizadas não serão perdidas”, argumentou.

Os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Carmen Lúcia votaram a favor de manter ações penais na Justiça Federal. Já Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandoski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli apoiaram a ideia de que prevaleça o julgamento desse tipo de ação na Justiça Eleitoral.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Variedades
Fonte: agenciadoradio.com.br
Colunista:Perfil NorteRS
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Diário Oficial publica lei que inclui autismo nos censos do IBGE

 

Céu nublado e névoa são esperados no Sul nesta sexta-feira (19)

 

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 22 milhões no sábado

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Homem é preso por porte ilegal de arma de fogo

 

Cenário econômico e político é debatido em evento promovido pela Unimed e Unicred

 

Eleições 2018: Propostas de Geraldo Alckmin (PSDB)

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul