NORTE RS - -
   Cadastrar          Login
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Cooperativismo: uma solução para a economia

O cooperativismo é um modo de aliviar os efeitos das crises, afinal, o movimento nasceu

Data da Publicação da Notícia : 31/01/2019 - 07:56

 
Foto Notícia Geral

O cooperativismo é um modo de aliviar os efeitos das crises, afinal, o movimento nasceu como um instrumento de desenvolvimento socioeconômico em face da deficiência do Estado, seja na prestação de serviços ou na solução de problemas sociais – contribuindo, assim para a redução da desigualdade.

A advogada Mariana Valério, do escritório Küster Machado Advogados, explica que em diversos momentos da história podemos identificar a criação de cooperativas, sempre em paralelo com as dificuldades econômicas da sociedade e visando atenuar situações de desemprego. “A principal característica de uma cooperativa é a ajuda mútua, pessoas com as mesmas dificuldades unindo-se em prol de melhores condições sociais e econômicas”, diz.

Segundo ela, nos últimos anos, com o crescimento contínuo de crises econômicas e sociais, podemos verificar um aumento no surgimento deste tipo de negócio.  De acordo com o Ministério do Trabalho, em 2014 foram criadas 324 cooperativas no país; já em 2015, esse número subiu para 444. Em 2017, os números do cooperativismo no Brasil se destacaram. Cerca de 51,6 milhões de pessoas são beneficiadas direta ou indiretamente pelo cooperativismo no país e 372 mil empregos foram gerados pelas cooperativas. Em 2018, conforme o anuário do cooperativismo, há 6.665 cooperativas atuando no país. “Trata-se de uma maneira de inserir pessoas no mercado e gerar renda. Há, também, casos em que os empregados fundam cooperativas como modo de manter a atividade da empresa onde trabalham”, explica Mariana.

Dados do Censo Agropecuário do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostram que 48% de tudo que é produzido no campo passa, em algum momento, por uma cooperativa. Isso mostra que, apesar das dificuldades decorrentes da crise econômica, o cooperativismo mantém seu crescimento – e que este é o momento de investimento e ampliação do faturamento. “Vale destacar também que a ascensão deste setor beneficia os agricultores, que adquirem maior poder de negociação e passam a competir com grandes empresas”, diz.

Estas são provas que o seu desempenho funciona como fator positivo em um momento em que o país busca alternativas para voltar a crescer. Enquanto empresas comuns sofreram com a crise econômica, as cooperativas demonstram uma grande resiliência, já que são pautadas por uma proposta coletiva de sustentabilidade, otimizando resultados em prol do coletivo e não apenas no benefício de um pequeno grupo.


Publicidade 660-110
 

Galeria
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Colunistas
Fonte: Mariana Valério
Colunista:
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Movimento negro, racismo e povos indígenas

 

Gestão do “clima” do ambiente de trabalho

 

titulo2

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

PRF apreende cerca de 75000 maços de cigarro contrabandeado em Sarandi

 

Solicite sua Transferência e estude no CESURG

 

MEC divulga resultado da primeira chamada do ProUni

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul