NORTE RS - -
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Palmeira das Missões: Nota à Imprensa da 15ª Coordenadoria Regional de Saúde sobre repasses para o Hospital de Caridade

A 15ª Coordenadoria Regional de Saúde, unidade descentralizada da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, considerando as inúmeras manifestações realizadas via imprensa ou mídias sociais acerca dos repasses de valores

Palmeira das Missões

Data da Publicação da Notícia : 21/11/2018 - 13:13

 
Foto Notícia Geral
Maquete do HPR

A 15ª Coordenadoria Regional de Saúde, unidade descentralizada da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, considerando as inúmeras manifestações realizadas via imprensa ou mídias sociais acerca dos repasses de valores por parte do Estado do Rio Grande do Sul para o nosocômio local, vem a público esclarecer o que segue.

O Hospital de Caridade, trata-se de instituição filantrópica, com personalidade jurídica privada, razão pela qual a relação existente entre o Estado do Rio Grande do Sul e a referida instituição é de ordem contratual. Para fins de garantir junto ao Ministério da Saúde a certificação como entidade filantrópica, cabe a instituição comprovar o percentual de 60% de atendimento SUS. Atualmente, a instituição encontra-se sobre intervenção municipal, entretanto, preserva a sua natureza jurídica de instituição privada, estabelecendo contratos com municípios da região, consórcio intermunicipal de saúde, atendendo a convênios e pela via particular.

O valor mensal do contrato vigente entabulado entre o ente estadual e o Hospital de Caridade é de R$ 792.167,93. O repasse do valor total fica condicionado ao cumprimento de pelo menos 95% da meta pactuada pelas partes. Como se trata de um serviço que o Estado adquire com recursos da coletividade para o atendimento de uma população regional, em não havendo o cumprimento das metas pactuadas são praticadas retenções de valores, salvo se a instituição apresentar cronograma de recuperação dos atendimentos não prestados, nos exatos termos contratualizados.

Assim, o valor de repasse mensal pode sofrer retenções decorrentes do não atingimento de metas, desconto de valores tomados previamente como empréstimos e penhoras judiciais feitas diretamente na fonte credora. De modo que no ano de 2018, o Fundo Estadual de Saúde realizou o repasse de R$ 6.743.366,7, sendo R$ 3.086.420,57 retidos pelo não cumprimento de metas, bloqueios judiciais e outras dívidas, estando pendente de repasse estadual na data de hoje o valor de R$ 1.028.884,00.

Ademais, nos últimos anos, o Estado do Rio Grande do Sul, através de programas estaduais, investiu, para além dos valores contratuais, um total de R$ 1.944.010,00 na instituição. Ainda, repassou para o município de Palmeira das Missões o valor total de R$ 683.916,00 em recursos oriundos da Consulta Popular para o fim de viabilizar a implantação da UTI junto ao Hospital de Caridade.

Destarte, importante mencionar que o todo contrato para aquisição de serviços hospitalares celebrado pelo Estado do Rio Grande subordina-se as regras de fiscalização do Memorando DAHA nº 32/2016, de 17 de maio de 2016, que dispõe expressamente que “a cada supressão de atendimentos que forem formalizados pelo prestador e/ou identificados pela Coordenadoria, que imediatamente se emita NOTIFICAÇÃO por escrito, solicitando esclarecimentos e defesa de acordo com o modelo em anexo, que deverá ser assinada pelo Coordenador Regional.”

Logo, diferente do noticiado, não houve nenhuma ameaça ao movimento grevista ou a instituição, apenas a adoção de um rito formal, pactuado, de conhecimento da direção e que solicitava esclarecimentos, a fim de que a Secretaria Estadual de Saúde possa adotar ações de contingência visando assegurar o atendimento da população paraque a mesma não fique desassistida.

O mesmo mem orando ainda determina que “mantida a supressão na oferta de serviços por mais de 15 dias, a coordenadoria convoque extraordinariamente a CIR para definir as novas referências, para atender a população que está desassistida.”

Os prazos e ritos estabelecidos pelo processo de fiscalização demonstram que qualquer processo de alteração da referência garante um lapso temporal longo para que a instituição se organize e restabeleça os serviços, garantindo sempre o direito a ampla defesa e ao contraditório, bem como, delega para a Comissão Intergestores Regional, composta no âmbito da região de saúde nº 20 por representação estadual e dos vinte e seis municípios, a tomada de decisão final. Logo, nenhuma ação efetuada pelo Estado é arbitrária ou inquisitiva. Todas as definições obedecem aos princípios democráticos do diálogo, da ampla defesa e da ampla representatividade regional, visando sempre garantir o melhor acesso aos serviços para o usuário.

Diante do exposto, a equipe técnica e coordenação desta Unidade Administrativa, enquanto servidores estaduais e usuários do SUS e do hospital local, lamentam o modo como a questão tem sido debatida no contexto local, já que tal debate não fortalece a saúde pública e a instituição hospitalar, bem como manifestam solidariedade e respeito aos trabalhadores do Hospital de Caridade, que a despeito dos atrasos salariais sempre se empenham em garantir uma atenção de qualidade para todos os usuários.

Publicidade 660-110
 
 
TAGS: Saúde
CATEGORIA: Variedades
Fonte: 15ª Coordenadoria Regional de Saúde
Colunista:
Arquivo:
Visualizar arquivo cadastrado

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 42 milhões

 

Alunos desenvolvem apresentações da cultura italiana

 

Nova turma do Ação Comunitária inicia atividades

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

MEC aprova curso de Direito do CESURG em Sarandi

 

Amostragem de solo

 

PRF faz escolta para mulher grávida em Sarandi

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul