NORTE RS - -
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Unimed Noroeste/RS realiza atividades alusivas ao Outubro Rosa

Outubro é o mês que simboliza a luta pela prevenção do Câncer de Mama

Ijuí

Data da Publicação da Notícia : 12/10/2018 - 09:18

 
Foto Notícia Geral
Foto:

Outubro é o mês que simboliza a luta pela prevenção do Câncer de Mama. “O maior fator de risco é não se cuidar. Conheça seu corpo, perceba os sinais e cuide de você” é o que enfatiza a campanha de conscientização realizada pela Unimed Noroeste/RS. Dentro dessa temática a cooperativa está desenvolvendo diversas atividades que envolvem funcionários e pacientes.

Na quinta-feira, 4, a equipe de Serviço de Oncologia promoveu palestra sobre o Câncer de Mama, ministrada pelo mastologista Gerson Jacob Delazari. O médico abordou o que é o Câncer, os riscos de desenvolvê-lo e as formas de prevenção, seja ela primária ou secundária, além de explicar o porquê do aumento dos casos da patologia e dos tratamentos. Gerson enfatizou também a importância das pessoas conhecerem o seu corpo “a mulher que conhece seu corpo, no momento que percebe algo diferente precisa procurar ajuda. O auto exame é indicado apenas como autoconhecimento, uma busca para conhecer o próprio corpo e manter a saúde. Não inibindo a importância da mamografia e ecografia mamária”, afirma.

Ao final da palestra foram expostos seios de borracha cedidos pela Unijuí, que mostravam as diferentes fases do Câncer. Para os funcionários também está disponível um manequim para que percebam as diferenças nos seios, entre os que apresentam nódulos e os sem o tumor. “Outubro Rosa, um movimento mundial de conscientização, de compartilhar informações e chamar a atenção para o diagnóstico precoce do Câncer. É essencial cuidar da saúde, realizar consulta médica periódica para avaliar e realizar exames conforme critério médico. Se cuide, se ame e se toque. É um gesto de amor pela vida, o bem mais preciosos que todos temos”, ressalta a coordenadoria do Serviço de Oncologia, enfermeira Rosane Lúcia Zawatski.   

Câncer de Mama – É o segundo mais comum entre as mulheres, depois do Câncer de Pele não melanoma. Ele é decorrente da multiplicação de células anormais da mama, sendo que alguns tem rápido desenvolvimento, enquanto outros são mais lentos.

Prevenção – Não há uma única causa específica para o Câncer. Os fatores de risco para o desenvolvimento da doença podem ser genéticos e hereditários (corresponde a 5% a 10%), ambientais e comportamentais ou ainda relacionados à idade (acima de 50 anos) e a fatores de história reprodutiva e hormonal. Homens também podem ter Câncer de Mama, mas somente 1º do total de casos apresenta a patologia. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), cerca de 30% dos casos podem ser evitados com a adoção de alguns hábitos saudáveis, tais como: praticar atividade física regularmente; alimentação saudável; manter o peso adequado; evitar o consumo de bebidas alcoólicas; realizar a Terapia de Reposição Hormonal pelo mínimo tempo necessário. Segundo o Inca ainda a presença de um ou mais dos fatores de risco não significa que a mulher necessariamente terá a doença.

Mamografia – Em muitos casos, o Câncer pode ser diagnosticado na fase inicial aumentando as chances de tratamento e cura. A mamografia de rastreamento é indicada pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS) para mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos. Já a mamografia diagnóstica tem como finalidade investigar lesões suspeitas de Câncer e podem ser solicitadas pelo médico em qualquer idade.

Autoexame – Dados do Inca indicam que 65% das mulheres identificam o Câncer casualmente e 35% por meio do autoexame mensal. A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) sugere que o autoexame seja feito sete dias após a menstruação (para as que menstruam) ou sempre no mesmo dia do mês (para as que não menstruam). No entanto, o autoexame não deve ser um método isolado de rastreamento, como ressaltou também o médico Gerson Delazari. Os sinais e sintomas que devem ser observados são caroço na mama, inchaço em parte do seio, irritação ou irregularidade na pele da mama semelhante à casca de laranja, inversão do mamilo, vermelhidão ou descamação da pele da mama ou mamilo, saída de secreção pelo mamilo e caroço na axila.

Publicidade 660-110
 
Foto:
Foto:
Foto:
 
TAGS:
CATEGORIA: Saúde e Bem Estar
Fonte: Unimed Noroeste
Colunista:

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Banheiro Químico uso exigido em eventos

 

“Suco de Bicicleta” na Unimed estimula exercício físico e alimentação saudável

 

ESF realiza mais um encontro com o Grupo de Hipertensos

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Atividade física, saúde e educação física

 

Cine Globo Palmeira: Confira a programação para a semana

 

Operação Breaking Bad prende quatro homens e uma mulher em Passo Fundo

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul