NORTE RS - -
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Eleições 2018: Propostas de Jair Bolsonaro (PSL)

Brasil

Data da Publicação da Notícia : 01/10/2018 - 15:50

 
Foto Notícia Geral

EDUCAÇÃO E SAÚDE

Não admitir ideologia de gênero nas escolas. “Nós precisamos de um presidente que trate com consideração criança em sala de aula, não admitindo ideologia de gênero, impondo a Escola Sem Partido". Defende educação "sem doutrinação e sexualização precoce".

Propor a diminuição do percentual de vagas para cotas raciais. Defende cota social.

Ampliar o número de escolas militares, fechando parcerias com as redes municipal e estadual. Em dois anos, ter um colégio militar em cada capital. Fazer o maior colégio militar do país em São Paulo, no Campo de Marte.

Defende a adoção da educação à distância no Ensino Fundamental, Médio e universitário, com aulas presenciais em provas ou aulas práticas, o que “ajuda a combater o marxismo".

Criar um Prontuário Eletrônico Nacional Interligado. Os postos, ambulatórios e hospitais devem ser informatizados com todos os dados do atendimento.

Para combater a mortalidade infantil, defende a melhoria do saneamento básico e a adoção de medidas preventivas de saúde para reduzir o número de prematuros — entre elas, estabelecer nos programas neonatais a visita ao dentista pelas gestantes.

Extraditar o ex-ativista italiano Cesare Battisti, a quem chama de terrorista.

Criar a carreira de Médico de Estado, para atender áreas remotas e carentes do Brasil.

Profissionais do Mais Médicos só poderão atuar se aprovados no Revalida: "Nossos irmãos cubanos serão libertados”.

Incluir profissionais de educação física no programa de Saúde da Família, para combater sedentarismo, obesidade e suas consequências.

SEGURANÇA

Redirecionar a política de direitos humanos, priorizando a defesa das vítimas da violência.

Reformular o Estatuto do Desarmamento. Defende o direito a posse e porte de arma de fogo por todos.

Defende mudança no código penal para estabelecer a legítima defesa de fato: "você atirando em alguém dentro da sua casa ou defendendo sua vida ou patrimônio no campo ou na cidade, você responde, mas não tem punição".

Reduzir a maioridade penal para 16 anos.

Acabar com a progressão de penas e as saídas temporárias.

Defende o fim das audiências de custódia.

Apoiar penas duras para crimes de estupro, incluindo castração química voluntária em troca da redução da pena.

Tipificar como terrorismo as invasões de propriedades rurais e urbanas no território brasileiro.

Garantir o excludente de ilicitude para o policial em operação — ou seja, que os policiais não sejam punidos se matarem alguém em confronto.

POLÍTICAS SOCIAIS E DIREITOS HUMANOS

Garantir a cada brasileiro uma renda igual ou superior ao que é atualmente pago pelo Bolsa Família.

Crítico ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que "tem que ser rasgado e jogado na latrina. É um estímulo à vagabundagem e à malandragem infantil".

ECONOMIA E EMPREGO

Deixar para trás o comunismo e o socialismo e praticar o livre mercado.

Criar uma nova carteira de trabalho verde e amarela, em que o contrato individual prevaleça sobre a CLT. Os novos trabalhadores poderão optar, de forma voluntária, por um vínculo empregatício baseado na nova carteira de trabalho ou na tradicional (azul). Além disso, defende uma outra versão da CLT para o trabalhador rural. “O homem do campo não pode parar no Carnaval, sábado, domingo e feriado. A planta ali vai estragar”.

Paulo Guedes, que Bolsonaro define como seu "Posto Ipiranga" da economia e futuro ministro da Fazenda, teria anunciado para uma plateia restrita que pretende recriar um imposto nos moldes da CPMF e estabelecer uma alíquota única de 20% no Imposto de Renda

hoje, a alíquota aumenta de acordo com a renda. Mas, no mesmo dia, Bolsonaro negou as propostas, afirmando que sua equipe sempre descartou qualquer aumento de impostos.

Reduzir em 20% o volume da dívida pública por meio de privatizações, concessões, venda de propriedades imobiliárias da União.

Criar o Ministério da Economia, que abarcará funções hoje desempenhadas pelos Ministérios da Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio, bem como a Secretaria Executiva do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos).

Eliminar o déficit público primário no primeiro ano de governo e convertê-lo em superávit no segundo ano.

Introduzir paulatinamente o modelo de capitalização para a Previdência.

Criar o Balcão Único, que centralizará todos os procedimentos para abertura e fechamento de empresas.

Defende privatizações. No caso da Petrobras, admite a privatização "se não tiver uma solução" a respeito da política de preço dos combustíveis. "Temos que ter um combustível com preço compatível". É contra a privatização do Banco do Brasil, Caixa Econômica.

Defende redução de impostos, é contra taxação de grandes fortunas e heranças e contra novas tributações a empresários.

Extinguir o Ministério das Cidades e "mandar o dinheiro diretamente para o município".

Tornar o Brasil um centro mundial de pesquisa e desenvolvimento em grafeno e nióbio.

POLÍTICA E CORRUPÇÃO

Encaminhar para aprovação do Congresso “As Dez Medidas Contra a Corrupção”, propostas pelo Ministério Público Federal.

Cortar ministérios e nomear pelo menos 5 generais como ministros.

Fazer com que recursos públicos sejam liberados automaticamente e sem intermediários para os prefeitos e governadores.

POLÍTICA EXTERNA E MEIO AMBIENTE

Sepultar o Foro de São Paulo.

Fazer negócio com o mundo todo, sem viés ideológico. Dar prioridade a relações comerciais com nações como Israel, não com a Venezuela.

Não vai tirar o Brasil da ONU, conforme chegou a declarar. "É uma reunião de comunistas, de gente que não tem qualquer compromisso com a América do Sul", afirmou. Em seguida, disse que cometeu um falho e que não se referia à ONU, mas ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, que fez recomendação favorável à candidatura de Lula.

Revogar a lei de imigração e fazer campo de refugiados, para lidar com a migração de venezuelanos para o Brasil.

Pretende mudar a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém, assim como fez Donald Trump. Pretende fechar a Embaixada da Autoridade Palestina no Brasil.

Reduzir alíquotas de importação e barreiras não tarifárias. Constituir novos acordos bilaterais internacionais.

Defende que o Brasil deixe o Acordo de Paris sobre o clima — assim como fizeram os Estados Unidos de Donald Trump.

Fundir os Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, o que colocaria "um fim na indústria das multas, bem como leva harmonia ao campo". O ministro seria indicado "pelas entidades dos produtores".

Publicidade 660-110
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Economia e Política
Fonte: BBC News
Colunista:

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Assinada Ordem de Início para Construção da Nova Escola no Bairro Vicentinos

 

Prefeitos da Amzop participarão de roteiro turístico regional

 

Aprovada a lei anticorrupção contra a administração pública

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

PRF faz escolta para mulher grávida em Sarandi

 

Não vote em candidato que já exerceu mandato ou que tenha sido cassado

 

Cine Globo Palmeira traz a história de Freddy Mercury e sua banda Queen

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul