NORTE RS - -
  Icone Facebook Norte RS Icone Instagram Norte RS Icone Contato Norte RS
Logo Norte RS
 

Publicidade Norte RS

Convivência família escola

A escrita sobre a convivência escolar se confunde a partir do lugar do qual escrevo como pai

Data da Publicação da Notícia : 19/09/2018 - 07:40

 
Foto Notícia Geral

A escrita sobre a convivência escolar se confunde a partir do lugar do qual escrevo como pai e como psicólogo. Mas, como estes dois lugares estão atravessados fundamentalmente pelo afeto, acabem se encontrando lá pelas tantas.

Me pego a pensar na minha experiência como pai e das incursões pela escola e das lembranças que estes encontros deixaram, e com frequência regam atualmente as conversas com as filhas.

Porém, sempre me preocupou a questão dos espaços ocupados, pela família e pela escola na formação de nossas crianças e adolescentes.Penso ser fundamental que se pense e se preste atenção nos limites de intervenção destes espaços. Até onde a família deve ir dentro da escola Até onde a escola deve ir dentro do espaço familiar Natural que estes espaços sejam em alguns momentos ultrapassados, mas é prudente que possamos perceber isso e recuar para os nossos lugares.

Imediatamente me vem à noção de um espaço intermediário, espaço de criatividade que deve surgir entre a escola e a família. Espaço novo que deve ser criado a partir da família e da escola, mas que não é mais nem um, nem o outro. Mas um espaço novo entre estes dois lugares em que crianças e adolescentes  possam circular com as influencias, regras e limites e todas as coisas de cada um destes espaços. Uma espécie de intersecção entre escola e família. Onde se toma o cuidado de não dominância de um ou de outro.

Não pode a família querer fazer da escola um campo estendido do ambiente familiar impondo suas heranças culturais, regras familiares, lembrando sim, que se trata de um coletivo e quando nos inserimos em um grupo ali se estabelecerá uma espécie de mosaico cultural, sendo criado um novo código de convivência.

Assim como a escola não pode expandir seus limites para dentro do núcleo familiar, sentindo-se na obrigação de dar conta de todas as questões que surgem durante o desenvolvimento de nossos jovens. Também é bom estarmos alertas para que este espaço não exclua o aluno.

Por mais absurdo que isso possa parecer, é possível de acontecer. Pois na relação entre a família e escola, por vezes podemos deixar que assuntos de interesse da escola e de interesse da família, se coloquem em questão e estabeleçam discussões. É um risco esquecermos o principal aquele que estabelece e sustenta o vinculo entre estas duas instituições de importância gigantesca para que possamos estabelecer uma sociedade digna e que proporcione bons encontros ao longo da vida.

Artigo escrito pelo professor Nauro Mittmann, psicólogo e mestre em Saúde e Desenvolvimento Humano, docente do CESURG

Publicidade 660-110
 
 
TAGS:
CATEGORIA: Colunistas
Fonte: Nauro Mittmann
Colunista:

Voltar ao topo
 


Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS
Publicidade Norte RS

 

Negros no Oscar e incentivo social

 

A comunicação globalizada como caminho para o crescimento individual

 

A máquina do desenvolvimento e a graxa da corrupção

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


FAÇA O SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado

MAIS VISUALIZADAS

 

Goes Locações, especialista em aluguéis imobiliários

 

PRF apreende segundo veículo com cerca de 80 mil reais em multas no mesmo dia

 

Veículos se envolvem em acidente na manhã desta terça-feira

VER TODAS AS NOTÍCIAS +


Publicidade Norte RS
Logo Norte RS
Icone Facebook Icone Instagram Icone Contato


Icone Base Contato ENTRE EM CONTATO
 
 

NORTE RS
(54)9942-6757
(55)8442-4962
atendimento@norters.com.br

Icone Base Menu MENU NORTE RS
 
VARIEDADES
ECONOMIA E POLÍTICA
VÍDEOS
SAÚDE E BEM-ESTAR
ENTRETENIMENTO
POLICIAIS
 

ESPORTES
COLUNISTAS
OBITUÁRIO
GASTRONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPECIAIS
CARIJÓ DA CANÇÃO GAÚCHA
 
 
NORTE RS. Todos os direitos reservados.
Logo Estúdio Sul