Notícias - Sábado, 29 de Dezembro de 2012

Novo Barreiro - MP denuncia mais de 80 pessoas por fraudes em concurso

Imagem aérea do município de Novo Barreiro
Imagem aérea do município de Novo Barreiro
Corrupção entre empresa e prefeitura eliminava competição das licitações

Postado por Tompson Boniatti

O Ministério Público, através da Procuradoria de Prefeitos, ajuizou nesta quinta-feira, 27, uma ação penal contra o Prefeito de Novo Barreiro, Flávio José Smaniotto, o Vice-Prefeito, Vilmo Zanetti, quatro secretários municipais, servidores da prefeitura, os dois sócios-proprietários da Empresa Precisão Concursos e Serviços, além de 79 candidatos aprovados em dois concursos públicos realizados na cidade em 2010 e 2011. No total, as 82 pessoas foram denunciadas pelos crimes de formação de quadrilha, fraude à licitação, falsidade ideológica, corrupção ativa e corrupção passiva.

A investigação teve início em Palmeira das Missões, com o Promotor de Justiça Marcos Eduardo Rauber, e contou com o apoio da Promotoria Especializada Criminal da Capital, Procuradoria de Prefeitos, Tribunal de Contas, Ministério Público de Contas e Polícia Civil, que atuaram em conjunto durante a Operação Missioneira.

A Operação apurou que a empresa Precisão Concursos e Serviços vinha, há alguns anos, agindo em conluio com outras empresas do ramo ao promover ajustes com os Prefeitos da região para eliminar o caráter competitivo das licitações. Uma vez acertado o objeto dos certames e formalizada a contratação, a quadrilha fraudou concursos públicos e processos seletivos por meio de aprovações ‘encomendadas’, de acordo com os interesses dos gestores municipais.

O Prefeito, o Vice-Prefeito e três Secretários Municipais já haviam sido afastados de suas funções em liminar deferida pela 2ª Vara de Justiça de Palmeira das Missões a pedido do MP em ação civil pública ajuizada pelo Promotor de Justiça Marcos Eduardo Rauber.

A denúncia foi assinada pela Coordenadora da Procuradoria de Prefeitos, Eva Margarida Brinques de Carvalho, e pela Promotora-Assessora Diane Cristina Manente Tagliari.


Compartilhar: OrkutTwitterFacebookE-mail

Fonte: NorteRS

Galeria de Fotos


Veja também:


Comentários

mari postou em 01/01/2013, às 22:56:57

tomara que seja feito justiça isso nao pode ficar assim. Que seja feito o quanto antes chega de exploração humiliação.



Regras para utilização deste espaço

Este espaço é destinado a livre troca de ideias, manifestação de opiniões e interação entre os internautas. Aprovamos os comentários em que o leitor expressa a sua opinião, ainda que divergente das apresentadas por autores e/ou entrevistados em reportagens, artigos, colunas, vídeos, fotos e demais conteúdos do site.

É expressamente proibida a publicação de mensagens com conteúdo:

  • Ilegal
  • Abusivo
  • Ameaçador
  • Nocivo
  • Obsceno
  • Profano
  • Difamatório de qualquer pessoa ou instituição
  • Discriminatório de credo, raça, condição social ou orientação sexual
  • De Incitação à violência e/ou ao crime contra pessoas, instituições, países ou a patrimônio público e privado
  • Capaz de ferir a reputação de pessoas ou organizações
  • Considerado spam ou correntes de mensagens
  • De propaganda política, de produto ou serviço
  • Falso ou fraudulento
  • Que viole o direito de propriedade de uma pessoa ou empresa
  • Que finja ser de autoria de outra pessoa, famosa ou não
  • Com textos em caixa alta, ou seja, somente com letras maiúsculas. Pelo uso e costume da internet, escrever em caixa alta pode ser interpretado como agressão aos outros usuários e também aos leitores; seria o equivalente a entrar em uma sala gritando.
  • Fora do tema proposto pela notícia, artigo, coluna ou postagem. Os comentários são bem-vindos, mas devem se ater ao tema proposto na página.
  • Postado por usuários com único objetivo de gerar “bate-boca”.
  • Que divulgue informações pessoais de outras pessoas.

Consequências por infração a estas regras:

  • Infrações podem levar a exclusão do conteúdo sem necessidade de retratação por parte do site. Usuários que forem denunciados ou tiverem conteúdos retirados do ar, poderão ter seus comentários pré moderados e IPs bloqueados.
  • Mediante determinação judicial, as informações poderão ser repassadas às autoridades competentes.
  • Será considerada falta gravíssima qualquer tentativa de fraude, inclusive para prejudicar outro usuário de forma que ele seja passível de perder seu direito de acesso ao site por interdição ou exclusão.

Obs.: Infelizmente, democracia não exclui divergências: em algumas ocasiões, conversas podem causar mal-entendidos.

Postar um comentário












Código de Segurança

Ao clicar em "Postar comentário", você estará assumindo total responsabilidade sobre o conteúdo de sua mensagem, além de estar implicitamente concordando com as regras apresentadas acima. Por medidas de segurança, seu ip 54.204.66.38 também será armazenado.